Cadastre-se no Vale Mais Saúde™
VOLTAR

ARMAZENAMENTO DE MEDICAMENTOS

BR-19960



Você sabe como conservar seus medicamentos de forma adequada?

O armazenamento domiciliar de medicamentos é muito importante para a manutenção da eficácia e da qualidade do seu tratamento. Ao armazená-los de forma adequada, você os mantém com as qualidades próprias para uso até o final da cartela ou sua data de validade, evitando desperdícios¹.

Consumir medicamentos mal armazenados, vencidos ou com a embalagem danificada pode ser prejudicial para a sua saúde, acarretando consequências graves², como reações adversas.

Confira no infográfico abaixo algumas dicas sobre conservação e o que pode ocorrer caso medicamentos vencidos ou danificados sejam consumidos.

ARMAZENE OS SEUS MEDICAMENTOS
DE MANEIRA CORRETA

O DESCUIDO PODE PREJUDICAR O SEU TRATAMENTO.

COMO PRESERVAR OS MEDICAMENTOS1?

  • Mantenha-os em sua embalagem original;
  • Deixe-os em local fresco, ao abrigo de luz, calor e umidade;
  • Não coloque medicamentos que precisam de refrigeração na porta da geladeira e sim na prateleira;
  • Guarde em um local fora do alcance de crianças e animais;
  • Descarte-os em caso de dano na embalagem;
  • Não repasse medicamentos restantes para outras pessoas após o final do seu tratamento;
  • Confira a validade dos medicamentos regularmente.
ARMAZENE OS SEUS MEDICAMENTOS DE MANEIRA CORRETA
ARMAZENE OS SEUS MEDICAMENTOS DE MANEIRA CORRETA

CUIDADO: NÃO UTILIZE NENHUM
MEDICAMENTO VENCIDO2!

ARMAZENE OS SEUS MEDICAMENTOS DE MANEIRA CORRETA

O uso de um medicamento fora da data de validade determinada na embalagem pode impactar o tratamento e em consequências, como:

  • Diminuição da eficácia;
  • Efeitos colaterais que não constam na bula;
  • Possibilidade de doenças mais graves;
  • Prejuízo ao tratamento.
ARMAZENE OS SEUS MEDICAMENTOS DE MANEIRA CORRETA

AO SE MEDICAR, VOCÊ DEVE…3

  • Tomar as dosagens de acordo com a prescrição médica;
  • Nunca tomar a medicação de outra pessoa;
  • Não substituir o conta-gotas ou a colher que veio com o medicamento;
  • Só parar com a medicação após orientação médica.

Qualquer dúvida ou sintomas incomuns, consulte um profissional da saúde.

ARMAZENE OS SEUS MEDICAMENTOS DE MANEIRA CORRETA

Para saber mais sobre o nosso Plano de Logística Reversa
e descarte de medicamentos

Ao identificar qualquer sintoma incomum ou caso tenha dúvida sobre o tratamento ou medicamentos, você deve consultar um médico e evitar a automedicação sob qualquer hipótese.



Referências:

1 PINTO, Vanessa Barbosa. Armazenamento e distribuição: o medicamento também merece cuidados. Uso Racional de Medicamentos: fundamentação em condutas terapêuticas e nos macroprocessos da Assistência Farmacêutica. Brasília, julho, 2016.

2 Guia de Boas Práticas de fornecedores de medicamentos e insumos farmacêuticos, Subcomitê Técnico de Logística do Núcleo de Assistência Farmacêutica do HCFMUSP, São Paulo, 5ª Ed.,2012

3 ANVISA. Orientações sobre Cuidados de conservação de medicamentos. https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/educacaoepesquisa/webinar (Acesso em 17/11/2021)

VOLTAR

DIA NACIONAL DO USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS

BR-19954



O Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos foi pensado para ser um dia no ano dedicado à conscientização sobre riscos da automedicação e para incentivar a procura por orientação especializada. Com isso, as pessoas recebem indicações adequadas para medicação de acordo com seus diagnósticos¹.

SOBRE A AUTOMEDICAÇÃO

A automedicação é a ingestão de medicamentos por conta própria, ou seja, sem orientação prévia de um profissional da saúde. Para muitas pessoas, automedicar-se é uma forma de alívio imediato para sintomas esporádicos, mas esse hábito pode trazer consequências graves para a saúde².

É importante fazer o uso dos medicamentos de forma consciente, ou seja, com acompanhamento de um profissional da saúde que indicará a dose e frequência adequada do remédio³.

o paciente deve seguir a dosagem do medicamento, horário de ingestão e duração do tratamento de acordo com a prescrição médica. Também deve se atentar a interações medicamentos (combinação entre diferentes medicamentos), restrições físicas e alimentares, armazenamento adequado e outros, de acordo com a bula e orientações recebidas4.

Caso tenha alguma dúvida sobre o tratamento ou a ingestão de medicamento, informe seu médico. É importante comparecer às consultas médicas para que o seu tratamento seja acompanhado de perto e evolua de acordo com os resultados.

RISCOS DA AUTOMEDICAÇÃO

O uso de medicamentos de forma incorreta pode agravar doenças e, se combinado com uso de outros medicamentos, pode anular ou potencializar o efeito ou reação de um deles4.

Consequências como intoxicação, dependência ou até mesmo morte, podem acontecer caso haja automedicação sem orientação médica2.

Fique atento! Ao primeiro sinal de mal-estar ou suspeita de reações adversas a medicamentos, procure um profissional da saúde, médico ou farmacêutico.

Evite a automedicação, procure orientação médica e cuide da sua saúde!

Referências

1 BORTOLETTO, M. E.; BOCHNER, R. Impacto dos medicamentos nas intoxicações humanas no Brasil. Caderno de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 15, n. 4, p. 859-869, out./dez. 1999.

2 PEREIRA, Januaria Ramos. Riscos da Automedicação: Tratando o problema com conhecimento. Universidade da Região de Joinville – UNIVILLE, Santa Catarina, 2009.

3 BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE - Ministério da Saúde. https://bvsms.saude.gov.br/05-5-dia-nacional-do-uso-racional-de-medicamentos/ Acesso em 10/11/2021

4 BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE - Ministério da Saúde. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/255_automedicacao.html Acesso em 01/02/2021.

PÁGINA EM CONSTRUÇÃO

PÁGINA EM CONSTRUÇÃO

Nosso site está em fase de melhorias.

Em breve você poderá acessar esta página novamente!

Saiba sobre os cuidados necessários com produtos imunológicos

Mais Sobre Saúde