Cadastre-se no Vale Mais Saúde™
Enxaqueca
VOLTAR

DIAGNÓSTICO DA EPILEPSIA

BR2205203707


O diagnóstico da Epilepsia é feito pelo neurologista, com base nos sintomas que a pessoa apresentou durante uma crise convulsiva, no histórico clínico e através do exame físico em que o médico faz testes de comportamento, habilidades motoras e função mental.

Além disso, para determinar a causa das convulsões, o médico pode solicitar exames de sangue para detectar a presença de infecções, doenças genéticas ou outras condições como a Diabetes, que podem estar associadas a convulsões, e exames como eletroencefalograma, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou PET-CT que avaliam a atividade cerebral ou anormalidades no cérebro.1

As crises convulsivas podem afetar indivíduos de qualquer idade, incluindo bebês ou idosos e pode ser causada por vários fatores como:2

Fatores genéticos, pois pessoas com casos de Epilepsia na família, têm maior risco de desenvolver epilepsia também;

Traumatismo craniano após bater a cabeça em um acidente de carro, por exemplo;

Doenças neurológicas como Alzheimer, Síndrome de West ou Síndrome Lennox- Gastaud;

Doenças cerebrais como AVC, cisto ou câncer no cérebro;

Baixos níveis de açúcar no sangue ou diminuição do cálcio ou magnésio;

Doenças infecciosas como a meningite, encefalite viral, neurocisticercose ou HIV;

Lesão pré-natal, como malformação do cérebro durante a gestação ou dano cerebral no nascimento por falta de oxigênio durante o parto;

Febre alta, principalmente em crianças.

Caso apresente algum dos sintomas, procure um especialista para ter o devido diagnóstico e preserve sua saúde.


 

Referências:

 

1. https://www.epilepsia.org.br/o-que-e - Último acesso em 12 de janeiro de 2022

2. https://www.epilepsia.org.br/ - Último acesso em 12 de janeiro de 2022


Sua Saúde

Aqui você conta com mais informações sobre patologias relacionadas aos medicamentos do Vale Mais Saúde™! Entenda sobre causas, sintomas, tratamentos e muito mais!